Acesso Facil
Buscar

Notícias

Corporativo

Honda construirá nova fábrica de automóveis no Brasil 
7/8/2013 16:00 
  • Compartilhar link

  Com a nova fábrica, empresa dobrará sua capacidade produtiva anual no país para 240 mil unidades a partir de 2015. 

 

SÃO PAULO, Brasil, 7 de agosto de 2013 – A Honda Automóveis do Brasil Ltda. (HAB) construirá uma nova fábrica de automóveis no país, com capacidade para produzir 120 mil carros por ano. O início das operações da nova planta está planejado para 2015.

A nova unidade produtiva será construída na cidade de Itirapina, no interior do Estado de São Paulo, localizada a aproximadamente 200km da capital e 100km da outra fábrica de automóveis da marca, em Sumaré.

Incluindo a aquisição de um terreno de 5,8 milhões de m2, compra de equipamentos e construção das instalações, o investimento total no novo projeto será de aproximadamente R$ 1 bilhão. Na nova fábrica, que empregará aproximadamente 2.000 funcionários, deverá ser produzido um veículo compacto, da categoria do Honda Fit, considerando a forte demanda neste segmento.

Assim como em todos os negócios da Honda ao redor do mundo, a preocupação com os aspectos e impactos ambientais também será foco desta nova unidade. Serão aplicadas as mais recentes tecnologias em processos produtivos, de maneira a reduzir ao máximo a emissões de poluentes. Um exemplo é o novo processo de pintura a base d’água que será adotado para que, com o uso de menor quantidade de tinta e, consequentemente, menor emissão de poluentes, seja possível obter a mesma qualidade.

Com a nova fábrica, a HAB dobrará sua capacidade produtiva no país, partindo de 120 mil (capacidade atual da unidade de Sumaré) para 240 mil automóveis por ano a partir de 2015. Além disso, com o objetivo de fortalecer o desenvolvimento de produtos que atendam às necessidades dos consumidores brasileiros e a nacionalização de componentes, até o final do ano a Honda iniciará as operações de um novo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Automóveis, nas dependências da fábrica de Sumaré.

Ao dobrar a capacidade produtiva e acelerar o desenvolvimento de automóveis no Brasil, a empresa fortalecerá ainda mais a sua linha de veículos produzidos e comercializados no país.

“Sendo o quarto maior mercado de automóveis do mundo, o Brasil é uma região muito importante para as operações da Honda. Com a expansão da capacidade, o nosso objetivo é ganhar competitividade e oferecer produtos cada vez mais atrativos, que excedam as expectativas dos consumidores brasileiros”, diz o Presidente da Honda South America e da Honda Automóveis do Brasil, Masahiro Takedagawa.

Segundo o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, “Esse novo investimento é a demonstração clara da confiança da Honda no Brasil, onde atua há 42 anos, e do vigor da nossa indústria automotiva, que ganhou novo impulso com o Inovar-Auto. Com esse anúncio, o investimento anunciado pelo setor até 2014 alcança R$ 7 bilhões”.

"Para o Estado de São Paulo, é uma grande notícia a instalação de uma segunda fábrica da Honda. O anúncio da nova instalação em Itirapina significa a perspectiva de avanço tecnológico, agregação de valor e geração de milhares de empregos, diretos e indiretos. A Honda é um gigante da indústria automobilística que tem a marca forte da inovação, inclusive do ponto de vista ambiental. A ampliação de suas atividades aqui comprova que a excelência da infraestrutura de logística e transportes e a qualificação da mão de obra paulista fazem toda a diferença para quem vem investir no Brasil, assim como o excelente trabalho de apoio da agência Investe SP, que tem justamente a missão de ser uma parceira das empresas que escolhem atuar em nosso Estado", destaca o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Com a nova unidade, o investimento acumulado na HAB no Brasil, desde o início da produção nacional de automóveis, em 1997, atingirá aproximadamente R$ 3,5 bilhões. Somando-se ainda o investimento acumulado desde o início da atuação da marca no segmento de motocicletas, em 1971, o valor investido pela Honda no país ultrapassará R$ 7,2 bilhões.

 

Momento positivo no Brasil

A Honda Automóveis do Brasil atravessa um ótimo momento no país. Depois de renovar todo o seu line-up em 2012, a empresa viu seus resultados crescerem expressivamente.


No primeiro semestre de 2013 a HAB registrou o seu melhor resultado de vendas desde que iniciou as atividades como fabricante no país. Ao todo, foram vendidos no período 65.127 carros, superando a marca histórica anterior, de 61.577 veículos em 2009. O resultado representa um crescimento de 13,2% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

Um dos destaques foi o Honda Civic, veículo que consolidou-se como líder absoluto do segmento de sedãs médios. Em janeiro, a empresa lançou a versão 2014 do modelo, com nova motorização 2.0 e tecnologia sem o subtanque de partida a frio, o que impulsionou ainda mais as vendas no país. Foram comercializadas 26.192 unidades de janeiro a julho, caracterizando um crescimento de 20,5% no comparativo com os seis primeiros meses de 2012.

Ainda entre os lançamentos apresentados em 2013, em abril a empresa iniciou a comercialização da CR-V bicombustível, também com o diferencial da tecnologia sem o subtanque de partida a frio. A nova tecnologia faz parte do conceito Honda Flex One, que representa o empenho da Honda em inovação para mobilidade sustentável, aliando alta performance com baixo consumo de combustível e emissão de poluentes para todas as gerações de produtos. No mês de julho foi a vez de o novo Accord, nas versões EX L4 2.4l e EX V6 3.5l, e a linha 2014 do Honda City, com a nova versão Sport, chegarem às concessionárias da marca.

Em 2013 a empresa fez ainda outros dois anúncios importantes. Com o objetivo de acelerar os processos de tomada de decisão e, com isso, ganhar em agilidade e competitividade, a Honda South America (HSA) decidiu concentrar em um único local, nas dependências da fábrica de Sumaré, além do board da companhia, todas as áreas que fazem parte dos negócios da Honda Automóveis do Brasil. Baseado no conceito global de ‘one floor’, já utilizado na matriz japonesa, o projeto, que contará com o investimento de R$100 milhões para a construção da nova unidade, prevê maior proximidade das áreas administrativas e de desenvolvimento de produto com a operação industrial.

Além disso, a empresa anunciou também a construção de um parque eólico na cidade de Xangri-lá, no Rio Grande do Sul, que irá suprir toda a demanda de energia de sua primeira fábrica de automóveis. A iniciativa, inédita entre as fabricantes de automóveis presentes no País, também contará com investimento inicial de R$100 milhões. Para a operação do parque eólico, que iniciará as operações em setembro de 2014, foi criada a Honda Energy do Brasil Ltda.

 

Sobre a Honda Automóveis do Brasil Ltda. (fábrica de Sumaré - SP)

Estabelecimento:

Maio de 1996

Origem do investimento:

100% Honda South America Ltda.

Principal executivo:

Masahiro Takedagawa, Presidente

Localização da sede:

São Paulo, Brasil

Negócio:

Produção e vendas de automóveis

Produtos:

Civic, Fit, City

Capacidade produtiva:

120.000 unidades por ano

Terreno:

1.7 milhões de m2

No de funcionários:

Aproximadamente 3.500 funcionários

Início da produção:

Outubro de 1997 (Civic)

Produção acumulada:

1.056 milhão de unidades (até o final de 2012)

Investimento acumulado:

Aproximadamente R$ 2,5 bilhões

 

Sobre a nova fábrica da HAB

Localização:

Cidade de Itirapina no Estado de São Paulo, localizada a aproximadamente 200 km da capital e 100 km da outra fábrica de automóveis da marca, em Sumaré.

Terreno:

5.8 milhões de m2

Capacidade produtiva:

120.000 unidades por ano

Início da produção:

2015

Número de funcionários:

Cerca de 2.000 funcionários

Investimento:

Aproximadamente R$ 1 bilhão

 

Sobre a Honda no Brasil - Presente no país desde 1971, quando começou a importar, e em seguida a produzir motocicletas em Manaus (AM), a Honda é atualmente a maior fabricante de motos do País. Em 2012, a empresa atingiu a marca acumulada de 18 milhões de unidades produzidas. Em 1992, a empresa entrou no competitivo mercado automobilístico brasileiro também por meio de importações e, a partir de 1997, com a produção nacional de automóveis no município de Sumaré (SP). Em 2012, a empresa alcançou duas marcas importantes no país: em agosto, atingiu o volume de um milhão de veículos produzidos no Brasil desde o início da operação da planta de Sumaré; e, em dezembro, a Honda registrou a venda do milionésimo automóvel no mercado nacional desde 1992. A partir de 2001 a empresa iniciou a fabricação no Brasil três modelos de motores estacionários, além de comercializar geradores, motobombas, roçadeiras, cortadores de grama e motores de popa importados de outras fábricas da marca no mundo.