Centro Educacional de Trânsito Honda completa 20 anos de atividades

  • Em duas décadas, mais 260 mil pessoas participaram das ações de segurança promovidas pelo CETH em todo Brasil. 
  • O ano do aniversário marca, ainda, a abertura do museu Honda Fan Club para o público.


São Paulo, 04 de dezembro de 2018 – O Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH), em Indaiatuba, interior de São Paulo, celebra neste ano duas décadas de atividades em prol de um trânsito mais seguro. 

A primeira unidade do CETH no Brasil foi construída com o objetivo de fortalecer as atividades de segurança no trânsito que já vinham sendo desenvolvidas pela Honda desde a década de 1970, antes mesmo de a empresa construir sua fábrica de motocicletas em Manaus-AM. Somente na unidade de Indaiatuba-SP, mais de 130 mil pessoas já participaram dos cursos teóricos e práticos, palestras e eventos. 

 “Em 1974, demos início às atividades de pilotagem com cursos volantes nas principais cidades do Brasil. Cinco anos depois, em 1979, começamos a trabalhar com a formação de instrutores nas concessionárias da marca e nos anos seguintes as atividades foram ganhando cada vez mais força, até inaugurarmos, em 1998, o nosso primeiro CETH”, comenta Leonardo Almeida, Gerente dos Centros Educacionais de Trânsito Honda.

Atualmente, a Honda possui três unidades do Centro Educacional de Trânsito – Indaiatuba (SP), Recife (PE) e Manaus (AM), que se tornaram referência na promoção de atividades em prol de um trânsito mais seguro em todo o Brasil. Juntas, as três estruturas já atenderam um público de mais de 260 mil pessoas. 

“A Honda sempre enxergou a educação como peça fundamental na construção de um ambiente mais seguro para motoristas, motociclistas, pedestres e ciclistas. Por isso, além de investirmos continuamente em tecnologias de segurança para os nossos produtos, ano a ano temos fortalecido também nossas atividades de treinamento e conscientização”, comenta Alexandre Cury, Diretor Comercial da Moto Honda da Amazônia. 

Entre o público atendido pelos Centros Educacionais de Trânsito Honda estão profissionais que atuam diretamente na formação de novos motociclistas, como os instrutores de moto escolas e CFCs – Curso de Formação de Condutores, a partir de parcerias com os Detrans e Cetrans de diversos Estados do Brasil. Também são alunos constantes dos CETHs frotistas de empresas privadas e de órgãos públicos, como o Exército, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, o SAMU, entre outros, que necessitam de habilidade e técnica para o atendimento rápido à população. 

 

Abertura do museu Honda Fan Club ao público


E para marcar o aniversário, a Honda anuncia a abertura do museu Honda Fan Club ao público, a partir de 05 de janeiro de 2019.  

Voltado aos amantes das duas rodas, o museu está localizado nas dependências do CETH Indaiatuba (SP) e conta com um acervo de 58 motocicletas Honda. Estão expostas desde as clássicas CG 125 1976 e CBX 750F 1986, até modelos mais recentes, como GL 1800 Goldwing Edição 40 anos e CBR 1000RR Fireblade Edição Comemorativa Marc Marquez.  

As visitas serão gratuitas e acontecerão aos sábados, das 9h às 17h, sem necessidade de agendamento prévio. 

 

Serviço

Museu Honda Fan Club

Data: todos os sábados 

Horário: das 09h às 17h

Local: Alameda Comendador Dr. Santoro Mirone, 1460 - Distrito Industrial João Narezzi, Indaiatuba - SP, 13347-300

Informações: (19) 3198-2615 

www.honda.com.br/harmonianotransito

Observações: Os visitantes serão atendidos por ordem de chegada. Local com acessibilidade. 

 

 

 

Sobre a Honda no Brasil: Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 23 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no País, também composta por motobombas, roçadeiras, geradores, entre outros. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, hoje a maior administradora de consórcios do mercado nacional, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados. Em 1997, a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP), de onde já saíram mais de 1,8 milhão de veículos. A segunda planta de automóveis da marca, construída na cidade de Itirapina (SP), concentrará, a partir de 2021, toda produção dos modelos locais, enquanto a unidade de Sumaré se consolidará como centro de produção de motores e componentes, desenvolvimento de automóveis, estratégia e gestão dos negócios do grupo Honda. Durante esses anos a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento 

 

Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por aproximadamente 1.300 endereços. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. Saiba mais em www.honda.com.br e www.facebook.com/HondaBR