Honda fecha 2015 com recorde de vendas

No ano em que completou 18 anos de produção nacional de automóveis, a Honda comercializou 153.395 veículos, resultado que superou a marca de 2013, até então o melhor ano da empresa no País. O total representa um crescimento de aproximadamente 11% em relação ao acumulado de 2014 e um market share de 6,2%, o maior da sua trajetória desde 1997.

O destaque do período foi o Honda HR-V que, desde o dia 20 de março, início da venda do produto, chegou a 51.159 unidades comercializadas, conquistou a liderança entre os demais modelos da marca e se tornou o SUV mais vendido do Brasil. O bom desempenho da fabricante também se deve ao sucesso do Honda Fit, que alcançou a marca de 42.485 unidades vendidas, seguido do City, com 26.413, e o Civic, com 31.101. Os importados CR-V, Accord e Civic Si somaram, juntos, 2.225 emplacamentos.

O compromisso da Honda em atender com excelência as pessoas com necessidades especiais também é reconhecido pelos clientes e tem resultado em novos recordes a cada ano. No acumulado de 2015, a empresa vendeu 15.737 veículos para esse público, um aumento de mais de 60% em relação a 2014, também o melhor ano de vendas nesse segmento até então. O destaque do período foi o modelo City, com 7.490 unidades comercializadas.

Para o vice-presidente Comercial da Honda Automóveis, Roberto Akiyama, o crescimento da empresa em 2015 reflete não só a sua estratégia acertada de renovação dos produtos, mas também a percepção do consumidor. “Em períodos de instabilidade econômica, o cliente busca um produto de qualidade aliado a um conjunto de serviços e diferenciais que proporcionem mais segurança e custo-benefício no momento da compra. Uma rede de serviços pós-venda consolidada, estrutura eficiente de distribuição de peças, eficiência no consumo de combustível e bom valor de revenda são alguns atributos que diferenciam os nossos produtos e serviços e contribuem para a preferência do consumidor pela nossa marca”.

Para 2016, a fabricante prevê um cenário de vendas estáveis, mantendo o mesmo patamar de 2015.

 

Sobre o grupo Honda no Brasil - Presente no País desde 1971, quando começou a importar, e em seguida a produzir motocicletas em Manaus (AM), a Moto Honda da Amazônia Ltda. é atualmente a maior fabricante de motos do Brasil, com mais de 20 milhões de unidades produzidas.  Desde 2001, a empresa produz, também em Manaus, modelos de motores estacionários, além de comercializar geradores, motobombas, roçadeiras e pulverizadores costais importados de outras unidades da marca no mundo. Um ano depois iniciou a fabricação de quadriciclos na unidade. Em 1992, com a criação da Honda Automóveis do Brasil Ltda., a empresa entrou no competitivo mercado automobilístico brasileiro por meio de importações e, a partir de 1997, com a produção nacional de automóveis no município de Sumaré (SP). Em 2013, anunciou sua segunda planta de automóveis, em Itirapina, interior de São Paulo. Em uma iniciativa inédita no segmento automotivo no País, a empresa iniciou, no mesmo ano, a construção do seu primeiro parque eólico na cidade de Xangri-Lá, no Rio Grande do Sul, inaugurado em novembro de 2014.  Para administrar as operações do parque, que supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, foi criada a Honda Energy do Brasil. No País, também faz parte do grupo a Honda Serviços Financeiros, que reúne o Consórcio Nacional Honda, a corretora Seguros Honda, a Leasing Honda e o Banco Honda. Presentes na rede autorizada de todo o Brasil, o serviços oferecidos facilitam o acesso dos clientes aos produtos da marca. Em 2015 a Honda Aircraft Company, subsidiária da Honda Motor Co. anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para a América do Sul, sendo o Brasil o representante regional. Mais informações no www.honda.com.br e www.facebook.com/HondaBR.