Encontrar uma concessionária

Asimo: o robozinho que encantou o mundo

O poder dos sonhos

As tradições, histórias e curiosidades da marca que mais entende de moto.

Asimo: o robozinho que encantou o mundo

O poder dos sonhos 17/02/2021

Vinte longos anos atrás o mundo conheceu o ASIMO, o pequeno robô humanoide nascido da inesgotável sede da Honda de criar, de surpreender o mundo através de sua alta tecnologia.

ASIMO? Sim, tal nome – acrônimo de Advanced Step in Innovative Mobility (algo equivalente a “estágio avançado na inovação da mobilidade”, em português) –, que indicava que o robozinho não nascera apenas para exibir a técnica dos engenheiros da Honda, mas sim como um laboratório de tecnologia avançadíssima, e tudo começou bem antes do 1° ASIMO, datado de 2000.

Foi em 1986 que a Honda deu a largada nas primeiras pesquisas em robótica, objetivando criar algo que pudesse ser útil para os seres humanos, como vem fazendo desde sua fundação, mas desta vez com a aparência de um ser humano!

O primeiro passo foi exatamente... dar passos! Os primeiros protótipos eram nada mais do que duas pernas e pés, reproduzindo a anatomia humana quanto às articulações, com tornozelos, joelhos e quadril.

Quatorze anos depois destas primeiras experiências, o resultado alcançado surpreendeu: com 1,20 metro de estatura e pesando 52kg, o primeiríssimo ASIMO cumpriu as expectativas de ter formas humanas, e era capaz de realizar várias tarefas como caminhar de maneira independente, subir e descer escadas.

Sucessivamente, novas gerações de aperfeiçoados ASIMO foram reveladas. Sempre mais leves, com maior mobilidade, capazes de correr a até 9km/h. Façanhas como servir líquidos segurando delicados copos de plástico, pular em um pé só e caminhar em superfícies irregulares foram importantes metas alcançadas pelo ASIMO, e capazes de demonstrar a expertise da Honda em robótica

Logo ficou claro que o ASIMO também poderia cumprir o papel de embaixador da tecnologia Honda mundo afora, e assim o pequeno robô colocou, literalmente, o pé na estrada: visitou os quatro cantos do globo terrestre, inclusive o Brasil, onde esteve pela primeira vez em 2006. No total de suas andanças, o ASIMO deu exatos 33.263.219 passos, o que equivale a 7.907 km percorridos.

Toda a tecnologia empregada no ASIMO resultou não apenas em conhecimento tecnológico, mas em produtos reais voltados para a melhoria da qualidade de vida dos seres humanos. Um dos exemplos é o Honda Walking Assist Device, um exoesqueleto destinado a auxiliar pessoas com dificuldades de locomoção. 

Até mesmo o hexacampeão da MOTOGP, Marc Márquez, assim como os demais pilotos da Honda RC 213V, se beneficiaram da tecnologia desenvolvida através do ASIMO: há mais de uma década as IMU – Inertial Measurement Unit (sistema de medição inercial) – começaram a ser aplicadas nas sofisticadas motos de competição, e tal equipamento hoje já está presente inclusive na CBR 1000RR Fireblade vendida ao público consumidor. Como se vê, o pequeno ASIMO fez a tecnologia Honda andar para a frente, para bem além do que pode parecer o simples ato de subir uma escada ou chutar uma bola de futebol.