Encontrar uma concessionária

Hibernação: entenda como verificar o óleo do motor, pneus e bateria da sua moto

Na Garagem

Dicas de funcionamento e manutenção, acessórios e equipamentos de pilotagem e tudo que você precisa saber para cuidar bem da sua motocicleta.

Hibernação: entenda como verificar o óleo do motor, pneus e bateria da sua moto

Na Garagem 13/07/2018

Como minimizar problemas em uma moto que fica parada por muito tempo? Esta é uma pergunta que nem mesmo motociclistas experientes sabem responder de bate pronto, afinal, motocicleta é para ser usada. É sempre bom saber como tomar providências para que, depois de um longo tempo sem uso, sua moto esteja em ordem, prontinha para ser usada, não é mesmo? E um dos principais problemas é a bateria da moto que descarrega.

Muitas motos se valem apenas da partida elétrica para serem ligadas, e a resposta à pergunta “quanto tempo dura uma bateria de moto?” depende de muitos fatores. Uma bateria de moto nova, de boa qualidade, em uma moto usada frequentemente em trajetos médios-longos, deverá durar no mínimo dois anos, e suportar tranquilamente uma inatividade de ao menos dez dias.

Para evitar problemas, antes de qualquerparada prolongada,dê um bom rolê: pelo menos meia-hora é o tempo mínimo para que o gerador (ou alternador) deixe sua bateria com carga plena. Evite usar a buzina, uma "vilã" do consumo excessivo de energia. Idem quanto a partidas prolongadas e contínuas: se seu motor não pega de primeira, algum problema existe.Verifique quanto antes.

Um truque que pode ajudar a preservar a carga da bateria durante o período sem uso é desligar o polo negativo, o cabo preto, tomando cuidado para isolá-lo de qualquer contato com partes metálicas. Essa ação vai sempre depender da facilidade de acesso à bateria,portanto, deve ser avaliada com cuidado. Além disso, em algumas motos com eletrônica mais sofisticada, tal atitude pode causar problemas de desprogramação.Assim,o melhor é consultar o manual do proprietário ou sua concessionária de confiança.

Depois da bateria, o foco mais frequente de problemas para quem teve de deixar a moto sem uso por algum tempo é o combustível. Ao contrário do se imagina, gasolina ou etanol tem prazo de validade. Especialistas no assunto estabelecem em cerca de seis meses a vida útil do combustível antes dele se deteriorar. Dica: já que não é possível saber quando o combustível foi fabricado, corte essa duração pela metade,e jamais use combustível com mais de três meses desde o abastecimento.

O óleo do motor também é da turma do combustível,e vence em seis meses, usando ou não a moto. Mesmo se o motor não é ligado,o óleo perde suas características lubrificantes e a melhor alternativa é trocá-lo com frequência.

Pneus também são elementos que sofrem quando uma motocicleta fica por muito tempo parada. O motivo principal é a deformação nolugar de contato com o solo, coisa especialmente grave no caso de motos maiores, pesadas e potentes. Um método simples e eficaz é apoiar a motocicleta no cavalete central, se houver, livrando o pneu traseiro (onde geralmente o peso que incide é maior) do contato com solo. O objetivo é minimizar as deformações.

Dica final: evite deixar sua moto exposta às intempéries. Um lugar coberto e isento de umidade é o melhor dos mundos. Caso isso não seja possível,há no mercado capas apropriadas para protegersua motocicleta, lembrando que no caso de a moto ficar exposta a chuva, mesmo que coberta, é praticamente impossível evitar condensação, grande inimiga das partes metálicas.

Assuntos