Encontrar uma concessionária

Pro outro lado da América – Parte 2

Na prática

Dicas de pilotagem, segurança e muito mais. Para você melhorar o desempenho e a performance e ainda ter mais prazer a bordo da sua motocicleta.

Pro outro lado da América – Parte 2

Na prática 29/08/2019
Pro outro lado da América

Longos e intensos dezessete dias depois de deixar Paraty, RJ, Líbera Costabeber e Marcelo Leite levaram suas Honda X-ADV ao destino final: Lima, a capital do Peru, meta da jornada “Pro Outro Lado da América”.

Do Brasil para a Bolívia, depois Chile e finalmente o Peru. Muitas fronteiras, paisagens de sonho, povos distintos e exatos 7.437 km percorridos ao guidão da maxiscooter que surpreendeu a seus pilotos.

Líbera, experiente praticante de off road, confessou que jamais esperaria uma atitude tão “off” de uma scooter. Já Marcelo, viajante que rodou os cinco continentes, não escondeu que a X-ADV é sua nova paixão.

No roteiro desta maratona não foram só as paisagens que variaram: das areias de Paraty à escalada da Serra do Mar e da Mantiqueira e, na sequência, a velocidade das perfeitas rodovias paulistas. Depois veio a rusticidade do Pantanal e a prova de fogo ao contrário – de gelo! –, os 14ºC negativos encarados na Bolívia, no deserto de sal de Uyuni, 4.200 metros acima do nível do mar, condição que sempre coloca à prova o fôlego o ser humano, mas que não abalou o motor de dois cilindros de exatos 745 cm3 da X-ADV.

Depois do gelo do Salar de Uyuni... veio a areia e a secura do Atacama, já em território chileno. Asfalto, terra e pedra. E curvas, muitas curvas em um terreno lendário, palco de intensas disputas no Dakar Rally que em algumas edições trilhou estas lendárias areias.

FB-dia10-album-3.png

Nos pisos variadíssimos o experiente Marcelo Leite mais uma vez exaltou a eficiência do sistema de transmissão das X-ADV, no qual o câmbio automatizado funciona com assistência do sistema DCT – Dual Clutch Transmission – a mágica dupla embreagem que permite ao piloto escolher entre trocar de marchas pelas teclas no punho esquerdo do guidão ou deixar à cargo da eletrônica e seus sensores a escolha da relação ideal.

Líbera comentou sobre a utilidade da tecla G em determinadas situações do off road: situada no painel, a tecla G torna as trocas de marchas mais diretas, com mínimo patinamento de embreagem, o que deixa a performance mais eficiente. Em conjunto com o sistema de controle de tração HSTC, o recurso da tecla G fez as X-ADV de Líbera e Marcelo encarararem com facilidade a verdadeira escalada até os 4.333 metros de altitude, a mais elevada cota atingida na viagem, para alcançar os gêiseres El Tatio.

Deste ponto alto – literalmente – da viagem, a dupla com desceu ao nível do mar, e finalmente mirou o Oceano Pacífico. Adeus ao frio, bem-vindas temperaturas amenas! O painel da X-ADV e seu festival de informações indicava que faltava pouco para o fim da viagem, longo convívio que deu chance a Líbera e Marcelo de entender a vantagem que é estar com as pernas e pés protegidos pelo escudo frontal e de aproveitar a ergonomia perfeita, com guidão, banco e apoio para os pés inteligentemente pensados para tornar fácil realizar grande trajetos.

Nestes dias inesquecíveis os momentos ruins, feitos de muito frio (-15ºC!!!) Ou trecho intermináveis (850 km/dia) foram um perfeito e exigente teste para as Honda X-ADV, a scooter que não só aparenta ser adequada para uso em off road como efetivamente o é. E, além disso é confortável, confiável, prática e resistente.

Quantos seriam os que, planejando uma viagem deste tipo, considerariam a escolha de uma X-ADV? Talvez poucos, mas agora Libera Costabeber e Marcelo Leite são testemunhas confiáveis da eficiência e versatilidade da maxiscooter que, à beira do Pacífico, na capital do Peru, Lima, precisaria apenas de um reabastecimento e dar meia volta para encarar o percurso inverso e chegar a Paraty!

Não perca todos os detalhes desta grande aventura no site oficial:

https://www.honda.com.br/pro-outro-lado-da-america/

No YouTube: #ProOutroLadoDaAmerica

No Instagram: #ProOutroLadoDaAmérica

No Facebook: #ProOutroLadoDaAmérica