Encontrar uma concessionária

SERTÕES, NOVE ANOS DE DOMÍNIO HONDA

Extreme

Seja no asfalto, na terra, na lama ou na areia, a competição e o universo radical estão no DNA da Honda.

SERTÕES, NOVE ANOS DE DOMÍNIO HONDA

Extreme 23/09/2019

SERTÕES, NOVE ANOS DE DOMÍNIO HONDA

Tunico Maciel, mineiro de 25 anos, anotou no seu currículo mais uma vitória ao guidão da Honda CRF 450RX – a segunda consecutiva dele! – Na principal competição de fora de estrada do Brasil, o Sertões.

Foi a 26ª edição da história deste rali, que desta vez teve seus competidores largando de Campo Grande, capital no Mato Grosso do Sul para, exatamente uma semana depois, chegaram à cearense Aquiraz, às margens do Oceano Atlântico.

O percurso total foi de 4.887 km dos quais 2.858 k realizados “de mão no fundo”, as etapas cronometradas cuja somatória de tempos definiram que Tunico ao guidão de sua CRF foi piloto mais rápido desta edição. Segundo o próprio, “...não encostei o guidão da moto no chão em momento algum. ”, jeito bonito de dizer que não sofreu um escorregão sequer, coisa raríssima em ralis de longa duração e tamanha variedade de terrenos.

Na segunda colocação chegou o companheiro de equipe de Tunico, o paulista Jean Azevedo, maior vencedor do Sertões (sete conquistas), que pressionou o jovem mineiro durante todo o decorrer do rali, fato que certamente valoriza ainda mais a conquista de Tunico Maciel.  

Para a Honda a vitória no Sertões 2019 foi a quinta consecutiva nesta competição. Ponto em comum destas conquistas? A Honda CRF 450RX, a máquina de enduro “canhão” que com seus 62 cv de potência e menos de 120 kg de peso representa uma arma invencível para vitórias no rali.

Aliás, vitórias, no plural mesmo, pois a segunda colocação de Jean Azevedo representou a 1ª colocação na categoria Super Production enquanto Maciel venceu a categoria geral e a Production Aberta, que se diferencia da Super Production por detalhes em termos de preparação.

Das oito etapas especiais (cronometradas) disputadas em 2019, a equipe Honda Racing venceu sete: cinco delas com Tunico Maciel e duas com o veterano Jean Azevedo. Em alguns dias – dois – o percurso total do rali superou os 700 km rodados, sendo que em dois dias os concorrentes encararam etapas cronometradas longuíssimas, de mais de 500 km.

Para a Honda a conquista de Tunico Maciel representou a nona vitória da marca na classificação geral do Sertões em um período de onze anos, o que comprova a competência não apenas das motocicletas Honda como também de uma grande equipe, que a cada dia de competição é capaz de oferecer a infraestrutura ideal para que pilotos excepcionais possam mostrar todo seu talento.

Assuntos