Encontrar uma concessionária

Sete dicas para economizar no combustível

Na Garagem

Dicas de funcionamento e manutenção, acessórios e equipamentos de pilotagem e tudo que você precisa saber para cuidar bem da sua motocicleta.

Sete dicas para economizar no combustível

Na Garagem 15/06/2020

Um dos muitos bons motivos de escolher a motocicleta como meio de transporte é economizar combustível. Qualquer que seja o trajeto, a moto será sempre mais econômica se comparada a um automóvel.

Percorrer mais quilômetros com aquele litrinho de combustível – gasolina ou etanol – faz com que, no final do mês, sobre mais no seu bolso para o que for necessário. Tanto pode ser algo essencial – alimentação, moradia, educação – como para guardar, fazer uma reserva de grana para... inclusive trocar sua moto por uma mais novinha!

Como economizar mais? Aprender pequenas “manhas” e eliminar alguns vícios de pilotagem acabam por influir positivamente na quantidade de quilômetros que sua moto ou scooter é capaz de rodar com um tanque.

Vamos à 07 dicas do que fazer ou não, para economizar ainda mais:

01 - MOTOR FRIO É GASTÃO – Até entrar em sua temperatura de exercício ideal, coisa que dependendo do dia (se calor ou frio), é algo que pode durar de três a cinco minutos, o motor está mais gastão. O que fazer? Foi-se o tempo que era necessário ficar acelerando sem sair do lugar. Os óleos lubrificantes modernos protegem o motor frio e assim não é mais necessário ficar esquentando moto parada. Saia na boa, mas jamais vire o acelerador mais do que ¼ de seu curso até o motor atingir a temperatura normal. Mantenha as rotações o mais baixo possível nos primeiros quilômetros.

02 - EVITE ALTA ROTAÇÃO – Busque sempre rodar com o motor girando tranquilo. Acelerar demais e levar a rotação às alturas, só em caso de necessidade (ultrapassagem, encarar uma ladeira...) e mesmo assim por breve espaço de tempo. Quanto mais grita, o motor mais gasta.

03 - PNEUS SEMPRE CALIBRADOS – Crie o hábito de verificar a pressão dos pneus ao menos uma vez a cada semana/dez dias, e siga a especificação do fabricante quanto à pressão recomendada. Pneus com pressão abaixo da especificada no manual ou nos adesivos indicativos fazem o motor “sofrer” e, portanto, gastar mais.

04 - MANUTENÇÃO EM DIA – Moto revisada, de acordo com que manda o fabricante, evita desperdício de combustível. Itens como pneus e velas de ignição tem vida útil determinada, e caso sejam usados além do prazo impactam negativamente no consumo. O sistema de transmissão – pinhão, coroa e corrente – é outro que exige cuidado: a corrente mal regulada, esticada demais, rouba energia do motor, que acaba consumindo combustível exageradamente.

05 - NÃO ACELERE À TOA – Muitos motociclistas, mesmo alguns bem experientes, tem o vício de dar uma aceleradinha entre as trocas de marcha. Tal prática só faz sentido em reduções de marcha muito rápidas, como as que ocorrem na pilotagem esportiva. Rodando tranquilamente, esse tipo de condução causa desperdício de combustível. Evite.

06 - USE O CÂMBIO – Não tenha preguiça de trocar de marchas. Ao sair da imobilidade, busque sempre passar marchas e rodar na rotação mínima possível de acordo com a situação da rua ou rodovia. Note que, quando você deixa de usar a alavanca de câmbio, acaba sempre tendo que compensar no acelerador, o que “derruba” a possibilidade de economizar no consumo da moto.

07 - OLHO NO COMBUSTÍVEL – Infelizmente, a qualidade do combustível varia muito. O jeito é eleger um fornecedor de confiança, que te venda gasolina ou etanol de qualidade, sem “batismo”. Nas motos mais modernas, que tem injeção eletrônica, notar que o combustível é de má qualidade é mais difícil pois o sistema consegue fazer o motor funcionar razoavelmente mesmo com “bebida ruim”. Assim, acostume-se a calcular o consumo de gasolina ou etanol de sua moto em quilômetros por litro, dividindo os quilômetros rodados desde o último abastecimento pela quantidade de litros que entrou no tanque até o limite máximo. Caso seus percursos tenham sido os tradicionais, sem nenhum excesso (rodar com garupa ou bancar o Marc Márquez a cada vez que a luz verde acende...) você notará na hora se o combustível usado for ruim, pois ele SEMPRE piora o rendimento, e te faz gastar mais dinheiro para rodar uma mesma distância.