Encontrar uma concessionária

Capacete para moto: a boa escolha de acordo com a utilização

Na prática

Dicas de pilotagem, segurança e muito mais. Para você melhorar o desempenho e a performance e ainda ter mais prazer a bordo da sua motocicleta.

Capacete para moto: a boa escolha de acordo com a utilização

Na prática 09/08/2021

Capacete para moto, não saia de casa sem ele...

O velho slogan do cartão de crédito serve muito bem para reforçar a necessidade de se usar capacete. Mais do que a lei, é o bom senso e a necessidade de preservar a integridade física que fez os motociclistas consagrarem este importante equipamento de segurança.

Capacetes para motociclistas existem aos montes, e felizmente seu uso é algo plenamente integrado aos costumes de quem usa moto, seja para transporte pessoal, trabalho ou lazer. Do mesmo modo que existem vários tipos de motocicletas e motociclistas, existe uma enorme variedade de tipos de capacetes.

Qual a razão dessa diversidade? Quem pensou no simples aspecto estético, errou: o formato, tamanho e desenho do capacete varia de acordo com o tipo de utilização. Deste modo, à melhor resposta para a pergunta “Qual o melhor capacete para moto? é “Depende da moto e da utilização que vai ser dada a ela!

Como escolher um bom capacete para moto? Este é um exercício que deve levar em consideração o modelo de sua moto e a realidade do seu dia a dia com ela. Fazendo isso, dificilmente você errará na escolha. Porém, antes de você ir até a loja e escolher seu capacete, preste atenção nas dicas abaixo:

TAMANHO – Os capacetes podem ter suas medidas expressas em letras, números, ou ambos. É fundamental medir a circunferência da cabeça para um capacete de moto vestir corretamente, e o jeito certo é usar uma fita métrica, passando-a um dedo acima das sobrancelhas. Se tal medida for de 53 a 54 cm o tamanho é o 54 (ou XS extra pequeno ou infantil), se a medida for de 55 a 56 cm, o tamanho é o 56 (ou S, pequeno). Medida de 57 a 58 cm é tamanho 58 (ou M, médio); 59 a 60 cm é tamanho 60 (L, grande), medida 61 a 62 cm é tamanho 62 (XL, extra grande). Importante: o capacete quando novinho deve vestir bem justo, apertar sua cabeça, mas sem causar desconforto, já que com o uso ele vai lacear.

FORMATO – Hoje muitas scooters e motos como a Honda Biz tem compartimento destinado a guardar o capacete. E também são muitos os motociclistas que equipam suas motos com bauletos. Deste modo, é importante verificar se o capacete que você gostaria de ter cabe no compartimento ou bauleto.

TIPO DE USO – Para quem só roda na cidade, o mais indicado são capacetes leves, fáceis de colocar e tirar da cabeça. Os modelos de capacetes abertos são os campeões no quesito leveza e praticidade, mas é lógico que os capacetes para moto esportiva, do tipo fechado – também chamados de integrais – são mais seguros por protegerem a face em caso de acidente. Um tipo de capacete muito usado atualmente é o escamoteável, justamente por ter a queixeira articulável, ou seja, é um capacete 2 x 1.

COMPETIÇÃO – O uso de capacetes para moto de alta cilindrada e competição deve seguir a necessidade de cada tipo de modalidade. Na motovelocidade, o capacete deve ser o integral, mais seguro e adequado às altas velocidades. Já no off-road, seja rali, enduro ou motocross, o capacete deve ter a pala de dimensões avantajadas, para proteger o rosto de lama, terra ou pedras, assim como ter uma abertura suficiente para comportar o uso de um óculos específico para off-road.

Concluindo, em todos os casos, seja qual for o capacete, é importante experimentá-lo, sentir que ele se amolda com perfeição a sua cabeça. Verificar o selo de homologação do Inmetro e certificar-se que o mecanismo da viseira funciona bem e é prático para o uso intenso fará com que seu convívio com o mais importante dos equipamentos de segurança para um motociclista seja harmonioso, e que a cada vez que você tenha que colocá-lo na cabeça, o ato seja natural, e não incômodo.