Encontrar uma concessionária

As melhores Honda para trabalhar

Mobilidade

A tecnologia e a inovação são fundamentais para a evolução das motocicletas e para a mobilidade urbana, impactando diretamente no dia a dia das pessoas.

As melhores Honda para trabalhar

Mobilidade 13/01/2021

Para saber qual a melhor moto para trabalhar não é preciso perguntar para nenhum especialista, basta apenas observar o que está nas ruas de todo o Brasil: um verdadeiro enxame de Honda de todos os tipos.

Faz tempo – na verdade décadas – que a Honda é a moto preferida dos brasileiros. É a melhor moto para trabalhar, para lazer, transporte ou tudo isso junto. A cada dez motos vendidas no país, oito são Honda, e a escolha pela marca tem a ver com um montão de qualidades, que vão da assistência técnica mais pulverizada em nosso território, com mais de mil concessionárias espalhadas por todos os cantos, à inquestionável qualidade Honda.

Economia, robustez, tecnologia, modernidade, segurança, versatilidade. Qualquer um desses adjetivos (na verdade todos...) serve para uma Honda. Se você precisa ou quer trabalhar com moto, veja abaixo as Honda mais escolhidas para uso profissional, em ordem crescente de custo de aquisição.

Honda POP 110i – A mais acessível das Honda está cada vez mais sendo usada para fins profissionais. Qualidades? Além do baixo preço de aquisição e de manutenção, a Pop 110i é extremamente robusta, leve, fácil de pilotar e com uma tremenda vocação para encarar pavimentação ruim. Ela é indicada para quem quer gastar pouco e vai focar sua atividade em trajetos urbanos.

Honda BIZ 110i e 125 – A Biz em qualquer versão é uma excelente escolha para o uso profissional. Oferece robustez, economia e um design de charme, e qualidades especiais como o escudo que protege as pernas do condutor e o prático compartimento sob o assento. Fora isso, contam com a embreagem automática, o que faz o uso do câmbio ser muito facilitado. Outro aspecto positivo é a acessibilidade, pela baixa altura do assento em relação ao solo.

Honda ELITE 125, PCX 150 e SH 150i – Este trio de pequenas scooters da Honda vem ganhando cada vez mais fãs entre os que precisam de um veículo para trabalho. Ágeis, econômicas, robustas e práticas, são escolhas frequentes dos profissionais do guidão das grandes cidades. O espaço sob o banco muitas vezes é acrescido de um bauleto, o que dá às scooters Honda uma excelente capacidade de carga.

Honda CG 160 – Ela é a campeã do uso profissional. Seja na versão Cargo, Start, Fan ou Titan, a CG é a escolha nº 1 de quem ganha a vida ao guidão. Força, resistência e economia aliadas a uma baixa depreciação, o que preserva o investimento, a tornam uma maquininha de fazer dinheiro.

Honda NXR 160 BROS – A capacidade de rodar por vias de chão ruim ou até mesmo não pavimentadas tem feito da Bros uma escolha cada vez mais frequente entre aqueles que usam a moto profissionalmente. Na prática, as Bros somam às qualidades das CGs suspensões reforçadas e de maior curso, e pneus capazes de encarar a terra.

Honda XRE 190 – A versatilidade da menor das XRE a torna uma ferramenta de trabalho ideal para quem precisa circular em regiões de pavimentação precária, mas quer uma dose extra de potência em relação às Bros sem abrir mão de economia. A XRE 190 é perfeita para encarar caminhos difíceis levando um volume de carga considerável. 

Honda CB TWISTER – Para quem precisa de uma moto profissional na cidade, mas capaz de encarar estrada, a Twister é a escolha certa. Ela preserva as características de agilidade, economia e robustez da família CG mas oferece mais potência, o que ajudará nos trajetos em vias expressas ou rodovias.

Honda XRE 300 – A mais completa das motos com perfil profissional da Honda se vale de um motor potente e suspensões robustas. Seja na cidade ou na estrada, no asfalto ou na terra, a XRE entrega competência no sentido mais amplo da palavra. Um verdadeiro trator, capaz de oferecer a seu condutor a economia de um veículo de trabalho somado a um conforto e desempenho dinâmico digno de moto grande.