Encontrar uma concessionária

Moto e personalidade: como fazer sua escolha

Primeiros passos

Nem todo começo tem que ser difícil: a experiência de quem sabe para aqueles que querem e precisam ficar sabendo.

Moto e personalidade: como fazer sua escolha

Primeiros passos 05/08/2020

A busca da melhor moto para uns pode ser um caminho reto, objetivo ou... para outros ser uma estrada de curvas sinuosas, uma interminável “viagem” de dúvidas sem perspectiva de chegada.

Caso você pertença a este segundo grupo, longe de ser a pessoa mais decidida e racional do planeta, uma dica importante é lembrar que motos são veículos "cheinhos" de personalidade. Assim, escolher uma moto que “bata” com você é meio caminho andado para a felicidade.

A moto certa para a pessoa certa: como em um casamento, quanto mais pontos em comum e menos arestas entre você e seu par, de carne e osso ou plástico e metal, maior a chance de um convívio feliz e harmonioso.

Mas afinal, como escolher uma moto para comprar?

A escolha da moto certa para comprar deve partir do princípio que você tenha algum de autoconhecimento, ou seja, você precisa refletir sobre suas qualidades e defeitos, sobre o que você gosta e sobre o que não gosta.

Se timidez é um traço forte de sua personalidade, uma superesportiva vermelha, de ronco poderoso e grafismos ousados, não combinará muito. Toda vez que você chegar ou partir de algum local, olhos vão colar na sua nuca, o que é tudo que você mais detesta, e desse modo a Fireblade ou a CBR 650R não serão boas opções. Porém, a timidez não te obriga a renunciar ao prazer dos motores quatro em linha. As naked CB 1000R Neo Sports Café ou a novíssima CB 650R, especialmente se forem de cores sóbrias, serão beeeem mais discretas, afinadinhas com os “low profile”.

Do lado oposto está o pessoal de personalidade transbordante, que chegam em uma roda sem conhecer ninguém e em três minutos já conquistaram a galera toda. Para esse tipo de pessoa uma boa escolha é a Africa Twin, uma XRE 300 ou mesmo as CRF 250F, motos que pedem para rodar em grupo.

No caso das off road puras como as CRF, o uso delas demanda a presença de gente ou em volta de uma pista (motocross) ou rodando junto na mesma trilha (enduro). Já no caso da poderosa Africa Twin ou da raçuda XRE 300 (ou 190), é cada vez mais comum que confrarias se reúnam nos finais de semana para encarar alguns ou muitos quilômetros, rodando em companhia, o que é a cara de quem faz amizade em um piscar de olhos.

Caso seu caso não seja nem de timidez e nem de expansividade, tal equilíbrio indica máquinas... equilibradas, como por exemplo a sóbria e prática NC 750X, a eficiente CB 500F, qualquer scooter ou mesmo as utilitárias CB 250 Twister, CG 160 ou NXR Bros, que mais do que qualquer coisa se destacam pela entrega de eficiência sem frescura.

Seja quem você for, uma grande certeza deve ser dita para finalizar o assunto: a Honda certamente tem as melhores motos que combinarão com qualquer personalidade!