Encontrar uma concessionária

Quanto mais à vontade, melhor a pilotagem

Na prática

Dicas de pilotagem, segurança e muito mais. Para você melhorar o desempenho e a performance e ainda ter mais prazer a bordo da sua motocicleta.

Quanto mais à vontade, melhor a pilotagem

Na prática 13/07/2018

Para pilotar bem uma motocicleta é preciso estar à vontade, confortável ao guidão. Por esta razão projetistas gastam horas e mais horas em busca da posição de pilotagem ideal, que respeite as regras básicas da ergonomia. No entanto, é praticamente impossível criar uma motocicleta cuja posição de pilotagem seja adequada à biotipos extremos. Como resolver a questão? Com bom senso!

Seres humanos são bastante diferentes entre sí e o mesmo acontece nas motocicletas: nas scooters a posição de pilotagem é ereta e o guidão em geral é estreito, bem ao contrário de uma custom, na qual os pés ficam lá na frente e as mãos agarram um largo guidão. Ponto em comum à ambas é a relativamente pequena distância do assento em relação ao solo. Já nas trail a regra é oposta – ai de quem não tiver pernas compridas! E o que dizer das superesportivas, onde o nariz fica quase que enfiado no farol e as pernas encolhidas como as de uma rã antes do salto?

Como se vê há motos de todo tipo, e para todos os gostos e necessidades. Cabe à você, na hora da escolha, lembrar que tão importante quanto sua preferência pelo estilo de uma ou outra é a eficiência da tocada, sempre influenciada por quanto à vontade você estará ao guidão.

A boa escolha sempre deve levar em consideração o tipo de utilização, seu nível de experiência e, claro, como você se sente ao guidão. Motos grandes são atraentes mas muito exigentes em termos de pilotagem. Se seu biotipo nem de longe lembra o do Arnold Schwarzenegger nos bons tempos saiba que para tocar bem um "motão" será necessário suprir a falta de físico com muita habilidade.

O caso contrário – moto pequena Vs. pessoa tamanho GG – tende a dar problema também: sai de cena a necessária habilidade na tocada da motocicleta grande, entra o desconforto de pernas demasiadamente encolhidas ou o estresse de motor e suspensões carregando alguém que é grande e pesando além da conta.

Pilotagem

Ainda não chegamos ao estágio de ter nas concessionárias a mesmíssima moto em tamanhos P, M, G e GG mas, felizmente, não faltam modelos de motos adequados a todo tipo de gente e usos. Por isso, reflexão e bom senso antes da aquisição são sempre recomendáveis.

Na impossibilidade de realizar um test ride, vale simplesmente montar na moto pretendida e sentir suas características. Colocar em segundo plano o fascínio pelas formas ou números de desempenho é atitude inteligente. É a adequação a seu físico e ao tipo de uso que deve determinar a escolha certa e resultar em uma boa experiência de pilotagem.